Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Na minha tela

a minha Alma

Na minha tela

a minha Alma

10
Jun19

Estado de Alma....

cláudia silva

Por dentro, grito. Por fora, mantenho a calma. 

 

Mas é uma calma exausta.... 

 

Uma calma daquelas que gritam desesperadamente através do olhar, mas que ninguém ouve, ou ninguém quer ouvir...

 

Mas esta pintura e o seu significado, para mim, vão muito para além de um estado de alma que me assombra mais vezes do que aquelas que gostaria...

 

Na verdade, eu que a criei, consigo ver-lhe um significado diferente e ainda mais profundo de todas as vezes que olho para ela. É como se, independentemente do meu dia e do meu humor, eu conseguisse identificar-me com a mensagem que eu própria pintei, sempre, todos os dias. 

 

De um modo geral, esta obra relembra-me sem piedade todos aqueles momentos em que a Alma grita e a Voz cala. Relembra-me que, por vezes, eu gostaria de as fazer gritar em uníssono... Alma e Voz, contra tudo e contra todos. 

 

E relembra-me que não o posso fazer... Por motivos...

 

Socialmente, moralmente, somos intrinsecamente obrigados a calar em determinados momentos por um bem maior. E esse bem maior pode ser apenas o "evitar a confusão". Calar quase que nos está no sangue, no ADN, na educação...

 

Mas hoje apetece-me gritar. Tal como me apeteceu gritar incontrolávelmente no dia em que comecei a criar esta pintura.

 

(Apetece-me gritar contra todas as pessoas que dizem que a Arte não é trabalho. Contra todos os que me apoiaram no ínicio com secretos interesses. Contra todos os que fazem troça do meu estilo de vida. Contra todos os que, coitados, não têm uma vida suficientemente interessante para se ocuparem dela e, consequentemente, ocupam-se da vida de pessoas como eu e tu.)

 

E o meu grito está aqui: silencioso e brutal, infalível e inegável, um ninja assassino da arte, em todas e cada uma das milhares de pinceladas que devo ter dado.

 

Hoje, partilho convosco esta pintura que é bastante recente no meu «pequeno espólio». "De dentro para fora (Grito)", terminada em Março deste ano e já num estilo completamente diferente daquele que foi a minha expressão inicial na pintura (Mais tarde falarei sobre ele. Colorido, florido, que escondia a dor atrás de uma beleza ofuscante, com as rosas propositadamente em predominância), e talvez por isso ainda mais próximo da verdade sobre aquilo que se passa dentro desta cabeça complicada... 

 

55798349_122518895573616_4479490150592539448_n.jpg

"De dentro para fora (Grito)", óleo sobre tela, 30x40cm, 2019

 

E tu? Em que momento gostarias de gritar comigo?

 

E qual o significado que vês nesta pintura baseado nas tuas vivências?

 

Mais sobre mim

foto do autor

Descrição do Blog

Pintar é uma necessidade para mim. Não importa o que estiver a acontecer, é precisamente porque a vida acontece que eu preciso de me expressar. Durante muito tempo tive medo de o fazer, de ser totalmente verdadeira através da minha criação, libertando a minha Alma. Mas aprendi a abraçar o Bem e o Mal em mim, as minhas qualidades e os meus defeitos, os meus anseios e os meus fantasmas, e esse medo vai desaparecendo agora. Espero que gostem da minha arte e que ela, junto com as minhas ideias e pensamentos, mudem o vosso dia para melhor. Caso contrário, não me importo, desde que respeitem e espalhem bondade, aceitação e compaixão neste blog. Pois isso é tudo o que eu desejo deste espaço.

Canal no Youtube

Também partilho a minha arte no Youtube, através de vídeos que mostram grande parte do processo criativo e evolução de cada pintura.https://www.youtube.com/channel/UCtDOGht0m9lSjTi4f3bJ5CA/videos

Estou a ler...

Livro preferido

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D